segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Olissipografia 52




Percorro a Estrela (aqui e acolá) dos outros tempos e revejo este Beco, onde hoje se encontra um relvado onde a canzoada se deleita... Logo na primeira foto não vejo o sinaleiro, teria feito gazeta?

3 comentários:

O Jansenista disse...

Não era este o famoso «Beco dos Ladrões»?

Tristão Velasco disse...

Não consigo confirmar a toponímia mas o beco parece ter resultado da abertura da Rua Domingos Sequeira que, cortando uma nova diagonal para Noroeste da Basílica, obrigou à demolição de parte do casario entre a Travessa do Jardim e a o troço final da Rua da Estrela. Nas fotografias conseguem aliás perceber-se as paredes demolidas na parte direita do beco, que faziam parte dessas casas. O beco está devidamente empedrado e a sua função originária parece ter sido a de aceder às traseiras deste casario, feita de hortas e jardins até ao início do século vinte. Corrijam-me se estiver errado, conheço mal a zona.

Bic Laranja disse...

Tenho pouca certezaa mas poderá ser um certo Beco do Jardim?
O Atlas do Filipe Folque poderá esclarecer.
Cumpts.