sexta-feira, 7 de março de 2008

Notícias da Matinha





Este acampamento perto da Matinha não me tem permitido escrever aqui muito. No entanto, cá estamos e vamos andando!
Uma incursão recente com amigos a um estabelecimento nocturno (vulgo "bôite") da moda lisboeta, fez-me lembrar os divertimentos que os meus avós passaram naqueles bailaricos em família (que acabavam perto das onze). Certa vez, um tio meu foi convidado para um bailarico fora de Lisboa e, como sempre levou fatiota a rigor. Quando lá chegou, um dos seus amigos pediu-lhe emprestadas as calças, porque eram do seu tamanho. O altruísmo saíu-lhe caro - recebeu em troca umas calças com uma cintura muito larga e, em consequência, teve de permanecer toda a noite com as mãos na cintura para não deixar cair e ficar impróprio perante tantas senhoras. Nessa noite ficou conhecido como o "aleijadinho" - de acordo com uma das convivas, aquele "jeito" de mãos, de vez em quando mais brusco, fazia detectar uma presumida deficiência...
Aquele pensamento fez-me regressar ao local de entretenimento e pus-me a olhar para uma centena de convivas a abanarem-se no escuro - seriam "aleijadinhos"?

2 comentários:

Bic Laranja disse...

Bela recolha de imagens. Parecem-me ser do Eduardo Portugal. Cumpts.

mario disse...

Olá, Gostei muito destas imagens visto ter crescido ali no Patio da Matinha, muito diferente do actual numa delas até me parece ser a minha avó que passa. Gostaria de saber se arranja mais fotos desse local ou pelo menos as fontes para tentar encontrar mais qualquer coisa. Desde já obrigado.